Correto: um dó.

Explicação: frequentemente, ouvimos pessoas expressarem sentimentos de compaixão por alguém, utilizando esta expressão na forma feminina: “uma dó”.

O emprego da palavra “dó”, seguida do artigo indefinido “uma”, no gênero feminino, ocorre pelo fato de as pessoas associarem, equivocadamente, este termo aos seus equivalentes femininos, tais como: pena, comiseração, compaixão etc. Vejamos sua aplicação correta:

Exemplo: em vez de sentirmos um dó por alguma pessoa que esteja decaída, socorremo-la no que nos for possível; pois, nutrindo simplesmente um sentimento de dó a um irmão necessitado, não solucionaremos seu problema, e, consequentemente, deixaremos de praticar nosso ato de caridade.

Nota: quando esta palavra “dó” refere-se à nota musical, continua sendo utilizada no gênero masculino.

Exemplo:  o coral iniciou cantando em um dó maior.

“A ÊXTASE”  ou  “O ÊXTASE”?

Correto: o êxtase.

Explicação: o termo “êxtase” é um substantivo masculino, indicando que uma pessoa está imbuída de sentimentos de prazer, alegria, admiração, temor etc.

Exemplos: – após a vibrante palestra, o público, em êxtase, aplaudiu, em pé, o orador.

                 – o êxtase é um termo originário do grego (ékstasis) que, literalmente,  significa: desprendimento súbito; sair de si; elevar-se etc.

Nota: estar em êxtase tem, também, o significado de alguém permanecer insensível a estímulos externos, estando absorvido por uma ideia fixa.

 

“O OMELETE” ou “A OMELETE”?

Explicação: segundo o VOLP (vocabulário ortográfico da Língua Portuguesa), a palavra omelete pode ser usada tanto no masculino como no feminino, não importando que alguns lexicógrafos usem-na somente no gênero feminino.

Exemplo: fiz um delicioso (ou uma deliciosa) omelete com queijo e presunto.

Saibamos  que,  quando  há  alguma  divergência  a  respeito  de   determinados vocábulos quanto à grafia, pronúncia, gênero etc., devemos ter e seguir, por premissa, os  ditames  da ABL (Academia  Brasileira de Letras), pela via da última edição de nosso VOLP que detém a autoridade oficial de nosso léxico.
___________________________

Reflexão: – “Cada boa ação que você pratica é uma luz que você acende em   torno dos próprios passos” – Chico Xavier.

– “Quem fala menos ouve melhor, e quem ouve melhor aprende mais”     – Chico Xavier.

 

 

---------- Publicidade ---------- ---------- Publicidade ----------

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share via
Send this to a friend