LUZ INFINITA

Reino do Senhor por Aécio César

Você ainda pensa em descansar depois que a morte lhe ceifar seu último suspiro na Terra? Ou se quiser irá ser destruído no bojo de Deus e que tudo assimilado – de bom ou de ruim – será perdido no tempo-espaço do Cosmo infinito? Se assim ainda pensa, melhor raciocinar a respeito, para que não venha ter surpresas desagradáveis – qual o tivera André Luiz – quanto ao verdadeiro Reino do Senhor.

Vejamos o que Emmanuel, no prefácio do livro “No Mundo Maior”, relatado pelo Espírito André Luiz pela mediunidade de Chico Xavier nos faz refletir a respeito: “Ninguém depois do sepulcro, gozará de um descanso a que não tenha feito jus…”. De fato, aqui, o merecimento pesará muito na balança da Misericórdia de Deus. E é bom que saibamos que esse descanso descrito aqui pelo mentor acima citado é aquele pelo qual se tem direito depois de fainas árduas sempre em benefício do irmão mais necessitado acolhido e resguardado por almas mais direcionadas ao Bem Maior.

Vejamos o complemento da citação acima: “… o Reino do Senhor não vem com aparências externas”. Ou seja, vem do sentimento maior que é o Amor em todas as suas instâncias. Pregar o Evangelho do Senhor é muito fácil, principalmente no caos moral e religioso pelo qual estamos passando em pleno século XXI. Agora colocá-lo em prática…..

Fala-se muito de passagens evangélicas. Excede as benemerências religiosas para fisgar almas que ainda não decidiram para que lado está: se pelo lado da ignorância, se pelo lado da interpretação dúbia ou pelo trabalho fraterno a que todos nós ainda estamos carentes.

Para se ter paz de consciência na lida do esforço próprio em descobrir quem somos e a nossa importância em um mundo de atrozes sofrimentos, não dispensará o suor abençoado quando descobrirmos a necessidade de auxiliar o semelhante no melhor que pudermos.

Oportunidades temos várias. Por que não abraçar a Causa do Nosso Senhor e Mestre Jesus Cristo? O que estamos esperando para descruzarmos os braços? Mais sofrimentos, mais dores, principalmente com aqueles que mais diretamente amamos?

Segundo Emmanuel, muitos assuntos aqui narrados no livro à baila, trará muito descontentamento e perplexidade. Por que será? Esse sentimento também de reproche é mais direcionado aos confrades e confreiras que ilustram bem os ensinamentos de Jesus e que neles estacionam. Ainda não atentaram no serviço que deles terão que tirar na salvaguarda da própria alma quando se dirigirem ao país de nossa origem. Segundo ainda o mentor aqui citado: “Cada lavrador respira o ar do campo que escolheu”. Lembremos que no Umbral muitos irão respirar o ar pesado dos campos nele criados. Alguma dúvida, Leitor Amigo?

Ari RangelAécio Emmanuel César
Médium de psicografia desde 1990, tarefeiro espírita na cidade de Sete Lagoas/MG.

---------- Publicidade ---------- ---------- Publicidade ----------

Adicionar Comentário

clique aqui para deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.