LUZ INFINITA

Onde Estão os Mentores da Casa Espírita? pelo Esp. Crisóstomo por Aécio César

Meus filhos,

Que o Nosso Senhor Jesus Cristo esteja conosco.

À primeira vista, muitos confrades irão interpretar minhas palavras como inverossímil, principalmente quando a Casa a que fazem parte vai muito bem diante de olhos vistos, diretamente aqui falando, das reuniões mediúnicas rotineiras, sem muito a acrescentar em estudos e experiências.

É de se convir, no entanto, que nem sempre tranqüilidade em reuniões desse porte, quer dizer que o grupo está sendo bem assistido. Às vezes, todo um grupo pode está sendo enganado por mentores que, nada mais são que espíritos zombeteiros, que por vezes conseguem moldar seus perispíritos na forma, na voz, nos trejeitos de Espíritos por nós afeiçoados.

Vale, no entanto, a todos que fazem parte de um grupo mediúnico, uma vigilância redobrada a respeito, procurando auscultar as célebres palavras de amigos espirituais que nos vem confortar a alma atribulada ou a dar diretivas de segurança.

Existe, porém, uma maneira muito simples para saber se realmente os mentores que nos presenteiam com a sua presença são realmente o que dizem ser. Reconhecemos principalmente àqueles que estão à frente de um grupo afinado nas bases da Doutrina Espírita onde sempre procuram lapidar as arestas do descontentamento, da inveja e do ciúme, obtemperar sempre da Espiritualidade Superior qual seria a principal tarefa numa Casa Espírita Cristã. Em nada substitui a Assistência Social nos seus segmentos da Sopa Fraterna, Campanhas do quilo, evangelização da mocidade, visitas a asilos e hospitais onde poderemos, sim, desenvolver nossa mediunidade com mais transparência e sem aquele medo à mistificação ou animismo de nós mesmos.

Tenho assistido muitas reuniões desse porte onde determinados grupos são envolvidos numa espécie de teia magnética em que os tais “mentores” ao seu comando, fazem com que os videntes, que são os olhos dos doutrinadores nada consigam captar de diferente quanto aos quadros por eles formados. Como podemos observar agem sutilmente, onde todo um grupo passa a ser magnetizado por ondas absorventes que lhes imanta certos sensores psíquicos para que seus componentes possam melhor servir-los.

Muitos até aqui devem pensar que o Centro Espírita a qual freqüenta é abençoado e protegido por amigos espirituais que, jamais iriam abandoná-los caso houvesse um ataque de entidades inferiores. Para não muito assustar, devo esclarecer que, para alguns, já se tornou rotina, nesses ambientes, principalmente na coordenação espiritual feita por esses irmãos que muito agem mais por maldade que por ignorância.

Eles têm uma disciplina bastante rígida. Estudam, sim, as obras básicas do Espiritismo, tanto do seu lado filosófico quanto religioso, para saberem diagnosticar as investidas que em muitos casos a causa é ganha.

Em muitas ocasiões, também passam a seguir os passos dos dirigentes que, mesmo à distância conseguem subordiná-los com tamanha capacidade magnética, agindo principalmente nos pontos vulneráveis que todos nós temos, mas que é difícil, por nós, aceitar.

Quanto aos médiuns mais ativos na mediunidade psicofônica, como também na psicográfica, destilam suas idéias frívolas onde todos as aceitam, muitas vezes, por serem transmitidas por determinados companheiros, vistos com toda a seriedade que lhes competem. Ledo engano. Uma simples vírgula mal colocada em um texto, como também uma palavra mal expressada, pode fazer cair muitos médiuns e, concomitantemente, difícil será o seu regresso às atividades que antes participavam.

Vale, portanto, a nossa atenção a esse caso. Relembrando, se os mentores da Casa não se preocupam, em nenhum momento com a Assistência Social, desviando a atenção de grupos para ações, principalmente aquelas de cunho financeiro, vamos todos ficar vigilantes.

Todo Espírito que dignou ser o representante espiritual dessa ou daquela Organização Filantrópica, sempre a orienta nos moldes da Simplicidade e Humildade reunidas em um só diapasão de Caridade ao próximo, aquele mais necessitado que nós.

Quando possível, procuremos nos acercar dos reais mentores quanto às dúvidas concernentes aos trabalhos que dignificam toda Casa orientada pelo Nosso Senhor Jesus Cristo onde nos envia, em Seu nome, Emissários da Luz que irão nos encaminhar para um porto mediúnico com maior segurança.

Queridos filhos, mais uma vez não recebam minhas palavras com o azedume da indiferença ou da crítica mal-sã. Vamos inspecionar melhor as circunstâncias que vez ou outra, trazem apenas desconforto e ansiedade em todo o grupo. A Espiritualidade em muitas ocasiões deixa que isso aconteça para testar como está indo a mediunidade quanto a parte anímica de determinados grupos à sua guarda.

Confiar em Jesus, no sentido de que Ele faça também a nossa parte é muita pretensão, não acham? No entanto, se há dúvidas em determinados assuntos, corramos aos livros basilares da Doutrina; se há desentendimentos entre componentes do grupo, procuremos harmonizar a atmosfera da Casa em que nos entregamos à lida do Bem. E, se, não estamos dispostos a ajudar é preferível que fiquemos em casa.

Não nos deixemos entregar fáceis à turma do Além inferior. Eles somente querem a nossa desunião. Quando não, a partilhas de grupos no mesmo Centro, onde, quando não organizadas, procuram infiltrar suas piores intenções envolvendo-nos, sem que os sintamos, com miasmas escuros de difícil detecção de outros servidores que fazem parte do mesmo Ideal Cristão.

Para os espíritas que desejam seguir as pegadas do Mestre Divino com certa precaução, peço que fortaleçam o Vigiai e o Orai. Esse expediente, quando constante nas atividades dos caravaneiros atuantes, tornar-se-á em luz e paz em todo meio em que se encontrarem.

Façamos, pois, a nossa parte para que a Divina Misericórdia nos envie sempre mentores amigos que se preocupam também com o nosso lado moral e pessoal. Atentemos, sim, a eles como sendo uma parceria entre os dois mundos. Louvado seja sempre nosso Pai Criador.

Do seu servo humilde,

Crisóstomo

(Mensagem recebida por Aécio César no culto do lar do dia 23/03/2014)

Ari RangelAécio Emmanuel César
Médium de psicografia desde 1990, tarefeiro espírita na cidade de Sete Lagoas/MG.
---------- Publicidade ---------- ---------- Publicidade ----------

Adicionar Comentário

clique aqui para deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.