REFLEXÕES OPORTUNAS

O venerando Dr. Bezerra de Menezes por Fábio Dionisi

Caros confrades e confreiras,

É de nosso desejo, este mês, escrever umas poucas linhas sobre Adolfo Bezerra de Menezes Cavalcanti, mais conhecido como o venerando Dr. Bezerra de Menezes.

Bezerra nasceu em 29 de agosto de 1831, na antiga Freguesia do Riacho do Sangue, hoje Solonópole, na então Província do Ceará, hoje um Estado. Sua família, proveniente do Sul do país, migrara para o Ceará.

Destacou-se como médico, político, empreendedor, jornalista, articulista, redator-chefe, escritor, Espírita, e, principalmente, como um ser humano.

Como médico, deixou-nos uma reflexão das mais oportunas. Certa feita, disse: “Um médico não tem o direito de terminar uma refeição, nem de escolher hora, nem de perguntar se é longe ou perto, quando um aflito qualquer lhe bate à porta”.

Como político, além de Vereador, em vários mandatos, foi Deputado Geral, e Presidente da Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

Como escritor escreveu estudos, várias biografias, e cerca 12 livros.

Em 1895 assume a presidência da Federação Espírita Brasileira (FEB). Onde seu trabalho, junto desta nobre Instituição, terminaria em dezembro de 1899, por motivos de saúde.

Participou da campanha abolicionista, nos idos 1869.

Enfim, seu desempenho, naquela encarnação, foi de tal ordem que foi cognominado de várias formas: Médico dos Pobres, Kardec Brasileiro, Apóstolo do Espiritismo no Brasil, Jornalista Elegante.

[amazon_link asins=’8573600101′ template=’Produto_AD_novo’ store=’rodrigopgc-20′ marketplace=’BR’ link_id=’aac7bc15-1db6-11e8-be4f-25ef9a5ae439′]

Em dezembro de 1899 sofre uma congestão cerebral, que o levaria ao desencarne aos 11 de abril de 1900, às onze e meia, na cidade do Rio de Janeiro.

Sua elevação espiritual era tal que um dia após seu desencarne, no dia 12 de abril, à noite, numa reunião no Grupo Ismael, através da mediunidade de Frederico Júnior, Dr. Bezerra transmite belíssima mensagem, agradecendo a recepção “imerecida” recebida na espiritualidade, por ocasião de seu retorno à verdadeira pátria de nós outros…

Espírito nobre, sabemos que Dr. Bezerra poderia ter ascendido a planos superiores há pelo menos 60 anos, mas não o fez por devotamento àqueles que lhes estão na retaguarda!

Continua até hoje, do Mundo Espiritual, sua jornada de auxílio aos encarnados, principalmente os sofredores do corpo e da alma.

Patrono da Federação Espírita do estado de São Paulo (FEESP), ele continua, até os dias de hoje, a militar na consolidação, união entre as agremiações, e divulgação do Espiritismo, em terras brasilienses.

Dificilmente um único livro poderia conter toda a sua biografia e realizações, por isso, fica aqui, neste pequeno artigo, nossa humilde e despretensiosa homenagem para mais um modelo e guia da humanidade terrestre, enviado pelo Nosso Senhor Jesus Cristo.

Fiquem em Paz!

Fábio DionisiFábio Dionisi
É editor, articulista, escritor, palestrante, jornalista, e responsável do CE Recanto de Luz – Pronto Socorro Espiritual Irmã Scheilla, em Ribeirão Pires (SP). www.irmascheilla.org.br

---------- Publicidade ---------- ---------- Publicidade ----------

Adicionar Comentário

clique aqui para deixar um comentário