Se o sofrimento incomoda
Joga ele logo fora,
Que preciso ir embora.

Pois se você acomoda
A dor toma dimensão gigantesca
Que não traz nenhuma fresca.

Por isso o fogo arde
Para o cego penitente.
Então não seja covarde
E nem fique demente.

Desperte para a realidade
Que gira em torno do seu passo.
É preciso alcançar humildade,
Para que não seja um fracasso.

E se a noite é escura e fria
Busque a luz com esperança.
Saindo do clima de arrelia
Que envolve mera criança.

E se o sol brilhar a noite
Não será mera alucinação
Ou fruto da imaginação.

Fugindo do bravio açoite
Encontrará sublime compaixão,
Mesmo nas amarras da escravidão.

Liberte-se do orgulho e egoísmo,
Retirando-se do abismo.
Encontre o sol da liberdade,
Em clima de paz e fraternidade!

Thiago S. Baccelli

---------- Publicidade ---------- ---------- Publicidade ----------

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.