DESTAQUE ESPECIAL

O Jardim da Vivência Espírita ♬

Reproduzir
Foto da Página 1
Foto da 1ª Página

Irmãos Queridos
Foi me dada a graça da permissão de conversar com vocês através desta singela escrita para agradecer pela luz do amor e da caridade que me abraçaram nos momentos doridos de minha peregrinação nos campos inóspitos onde a dor se fazia sentir através dos doloridos ais que saiam dos corações mais sofridos que o meu.
A vida é sempre vida e trazemos para cá as moedas que amealhamos com nossa vivência na escola abençoada da Terra.
Muito aprendi quando já estava apto a caminhar num luzeiro de luz, o Evangelho de Jesus, que aqui aprendi mais e mais.

Foto da Página 2
Foto da 2ª Página

O trabalho da Vivência Espírita é um jardim, um jardim abençoado por uma equipe de irmãos encarnados e desencarnados que nos esclarecem, nos mostram que o conhecimento nos liberta do nossos males.
Conhecimento das leis de Deus, conhecimento que nos leva a superar nosso sofrimento e nos conduz ao manancial de paz e de amor que Jesus há dado para todos nós santos ou pecadores, ateus ou religiosos, crentes ou discrentes, todos nós vivenciamos através de vidas sucessivas o aprendizado que nos permite retirar da alma a cegueira do orgulho, da vaidade, do preconceito!
Mesmo fora do corpo físico carreguei comigo o manto da minha descrença, a dor de meus tantos vícios que amealhei mergulhando nas ilusões da vida material.

Foto da Página 3
Foto da 3ª Página

Caminhei chorando, perdido e sofrendo muito por entre brumas, por entre doridos ais, gritos que mais se assemelhavam a uivos de feras feridas. Quantos temores envolveram minha alma, então clamei por Jesus, o Mestre Divino, nosso Salvador.
Uma luz pequenina se ascendeu a minha frente, esperançoso caminhei seguindo o caminho que ela parcialmente iluminava.
Mas era uma luz, uma luz abençoada que eu sabia que me levaria a um recanto de paz e amor.
E a segui confiante e cheio de esperança.
Então vi-me diante de uma igreja. Como era linda! Pensei cá comigo:
– Aqui está a minha salvação.
Mas Oh! Que tristeza me assaltou tão profundamente o coração.

Foto da Página 4
Foto da 4ª Página

Eu estava muito, muito maltrapilho e não me permitiram no templo iluminado entrar.
Chorei, chorei, tanto… Mas, a luzinha estava a minha frente brilhando, brilhando.
Então, embora com o coração apertado de tristeza segui em frente.
Em quantas portas bati? Não me lembro. Segui em frente chorando, mas a fé estava no meu coração.
– Então escutei um toque de tambor. Que igreja estranha era aquela?
Ali estava sorridentes muitos irmãos todos vestidos de branco.
– Será aqui um hospital?
Pensando assim e sentido a dor de minhas chagas profundas olhei para eles e seus sorrisos de amizade, de carinho me convidaram aquela casa adentrar.
Lá no interior quanta luz. E os cânticos, como tocaram minha alma!

✉ Fique Atualizado!



Rádio On-line Vivência Espírita

Foto da Página 5
Foto da 5ª Página

Senti uma grande paz. Que lugar era aquele que me recebia apesar de minhas vestes maltrapilhas, apesar do meu coração pecador, apesar de tanto tempo esquecer de uma prece dizer?
Então num toco, um Preto Velho me olhou e convidou-me a chegar bem juntinho dele.
E ele me abraçou: – que felicidade nesse abraço tão amoroso que renovou minha vida, que curou minhas feridas, que me viu como irmão em Cristo Jesus.
Então, controlada a minha intensa emoção, perguntei:
– Que igreja é essa?
E o Preto Velho respondeu com sua simplicidade:
– Aqui é uma casa de Deus nosso Pai, todos os filhos aqui são recebidos no abraço de Cristo Jesus, nosso Senhor.
Sê bem vindo meu irmão, os braços do amor e da caridade encheram de luz meu espírito, agora renovado.

Foto da Página 6
Foto da 6ª Página

Foi numa Tenda de Umbanda, entre o toque de tambores e cânticos de louvor aos santos Orixás que encontrei a cura para o meu espírito errante e tão sofrido.
Me perdoe pelo meu escrito, pelo meu testemunho.
Muitas vezes fui aqui trazido no jardim da Vivência Espírita e aqui o pouco que sei, essa luz que está bem viva no meu coração cresce, cresce cada vez mais com o adubo fértil dos ensinamentos que essa equipe tão maravilhosa oferece a nós desencarnados e também aos irmãos encarnados.
O nosso muito obrigado, a nossa gratidão eterna pelas mãos de amor e da caridade que nos abraça sem inquirir de onde viemos, que bagagem trazemos.
E da lei divina o amar ao próximo como a si mesmo, mas não é em todo templo em todo recanto com o sinal da santa cruz que somos com amor acolhido.

Foto da Página 7
Foto da 7ª Página

Que Deus em sua infinita bondade e misericórdia, com seu infinito amor para com todas as suas criaturas, possa sempre e cada vez mais abençoar os templos de amor e caridade, abençoar as mãos que em nome do amor abraça os corações sofridos.
Que Deus ilumine a equipe da Vivencia Espírita, que Deus abençoe os arautos da verdadeira religião que amanha o chão que lhes foi dado com as mão do amor e da fraternidade.
Deus lhes pague.
Jesus está conosco.

Jonas de Albuquerque

(Carta do espírito Jonas de Albuquerque, psicografada dia 07/06/2015 pela médium Ivanilde da Tenda de Umbanda Mãe Maria, durante o programa de número 521 com participação especial de Thiago S. Baccelli em São José dos Campos no Programa Vivência Espírita)

O Jardim da Vivência Espírita ♬

521_psicografia
Foto tirada da Carta durante o Programa #521

 

---------- Publicidade ---------- ---------- Publicidade ----------

Adicionar Comentário

clique aqui para deixar um comentário