Conta André, que sob o olhar de Saldanha, Gúbio afagava a fronte das três entidades sofredoras – com certeza, agia magneticamente procurando auxiliá-las.

 

Com humildade, solicitou ele permissão a Saldanha para orar em voz alta, com o obsessor perguntado se ele acreditava em semelhante “panaceia”.

 

Notemos que, em qualquer quadrante da existência, no vasto Universo, Físico e Extrafísico, iremos nos deparar com aqueles que colocam em xeque a existência de Deus!

 

Saldanha, aflito pelos afetos queridos, não teve alternativa a não ser concordar que Gúbio formulasse sentida e lindíssima oração, da qual transcrevemos apenas a derradeira parte:

 

– É para eles, Senhor,

 

Para os que repousam aqui em densas sombras,

 

Que te suplicamos a bênção!

 

Desata-os, Mestre da caridade e da compaixão,

 

Liberta-os para que se equilibrem e se reconheçam…

 

Ajuda-os

 

A se aprimorarem nas emoções do amor santificante, olvidando as paixões inferiores para sempre.

 

Possam eles sentir-te

 

O desvelado carinho,

 

Porque também te amam e te buscam,

 

Inconscientemente,

 

Embora permaneçam supliciados

 

No vale fundo

 

De sentimentos escuros e degradantes…

✉ Fique Atualizado!



Rádio On-line Vivência Espírita

 

Luz que jorrava do Alto projetou-se, então, em torno de Gúbio, que tornou a socorrer o trio com a transmissão de passes magnéticos, ordenando em seguida:

 

– Jorge, levanta-te! Estás livre para o necessário reajustamento.

 

Sem dúvida, a cena nos recorda uma das muitas de “O Novo Testamento”, com o Cristo e os próprios Apóstolos falando com os paralíticos para que levantassem, com os cegos para que enxergassem, com os moucos para que ouvissem…

 

André esclarece que:

 

– A interferência do benfeitor quebrara os elos que o prendiam às parentas desencarnadas, liberando-lhe a economia psíquica.

 

O poder da oração e do passe! – da oração proferida com espontaneidade e do passe transmitido sem qualquer ritual.

 

 

Saldanha, depois de muito tempo, chorava…

 

– Vencido nos melhores sentimentos de que era detentor, o algoz de Margarida aproximou-se do nosso dirigente, com as maneiras de uma criança humilhada que reconhece a superioridade do mestre, mas antes que pudesse tomar-lhe as mãos, para osculá-las talvez, pediu-lhe Gúbio, sem afetação:

 

– Saldanha, acalma-te. Nossas amigas despertarão agora.

 

Afagou a cabeça de Iracema e a infortunada mãe de Jorge voltou a si, gemendo:

 

– Onde estou?!…

 

Difícil, no entanto, que quadro obsessivo tão implacável comece a se deslindar assim…

 

O caso, porém, obedecia a meticuloso planejamento do Mundo Superior, na intercessão que lhe estava sendo dispensada por Matilde, com a intenção de recuperar Gregório.

 

Para, efetivamente, auxiliar a Gregório, muitos precisaram ser auxiliados antes – é da Lei que, não raro, para ajudar àqueles que amamos, procuremos ajudar quantos não se fazem objeto de nossa afeição mais próxima, e, não raro, até de nossa antipatia.

 

INÁCIO FERREIRA

 

Uberaba – MG, 14 de julho de 2019.

 

Fonte: http://inacioferreira-baccelli.blogspot.com/2019/07/lvi-reflexoessobre-o-livro-libertacao.html

Antonio Nazareno Favarin Dr. Inácio Ferreira
Blog do Dr. Inácio Ferreria mantido pelo medium Carlos A. Baccelli
Site Oficial: Mediunidade na Internet
---------- Publicidade ---------- ---------- Publicidade ----------

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.