Na noite de 24/12/2018, o médium Ari Rangel psicografou na AME – Associação Maternal Espírita, em São José dos Campos – SP, carta do poeta e compositor de Juazeiro da Bahia, Manuca Almeida, dirigida ao amigo Jorge Reis.

Apenas para relembrar, o poeta e compositor Manuca Almeida ficou mais conhecido no Brasil e no exterior ao ter sua composição “Esperando na Janela” gravada por Gilberto Gil e mais de 40 artistas, que além de ser tema do filme Eu, Tu Eles, foi a vencedora do Grammy Latino como melhor música brasileira em 2001.

A sua poesia já ganhou o mundo na voz de Gilberto Gil, Ivete Sangalo, Dominguinhos, Arnaldo Antunes, Alexandre Leão, Targino Gondim, Jorge de Altinho, Lampirônicos, Roberto Leal, Trio Nordestino, Rio Negro e Solimões, Frank Aguiar, Banda Caiana, Vânia Abreu, Daniela Colla, Gerônimo, Margareth Menezes, Marina Elali e muitos outros artistas.

Segue a Carta Psicografada:

Amigos, irmãos e corações presentes.

Peço licença para escrever, nesta noite iluminada, algumas linhazinhas.

Porque o que me traz aqui é a gratidão.

Escrevo a vocês do outro lado da janela, mas muito mais vivo do que antes.

São tantos corações congregados que há por aqui uma verdadeira epopeia de luz.

Não fui um espírita, mas tive a alegria de nos últimos dias da experiência terrena receber mensagens de conforto que esta doutrina traz aos corações.

Ao meu amigo Jorge, eu deixo, mais uma vez a minha gratidão.

Na minha nova Juazeiro trago comigo as impressões que este amigo semeou em meu coração.

Como sempre dizia: “Só o Amor é Maior que o Amor que já Existe”.

Além do palco da vida há muitos outros palcos, cheios de vida e atos que encenamos muitas vezes.

Hoje, a convite de amigos maiores não poderia me furtar a este encontro. Se tudo me parece novo, vou igualmente me renovando por aqui.

Há pouco aportei por aqui, mas a poesia da vida vai ganhando mais sentido.

Jorge, meu bom e velho baiano legítimo, aceita o abraço deste irmão que veio cantar seus versos por estas bandas.

Quando puder, diga à nossa Lú que o nosso Natal será nas instâncias do Mundo Maior, quando ela adormecer e vir, temporariamente me visitar, trazida pelos braços de corações queridos.

Fica assim, meus amigos irmãos a minha alegria por poder ter estado aqui hoje, junto desta ceia de luz.

Fiquem em paz, na alegria de viver sabendo que a vida segue plena, deste outro lado da janela!

Do irmão menor e poeta incurável,

Emmanuel Gama Souza Almeida

Manuca Almeida

---------- Publicidade ---------- ---------- Publicidade ----------

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.