Segundo o que foi visto na semana passada, poderemos atinar que a subconsciência seja o porão dilatado das nossas lembranças?

Clique aqui para ler a Primeira Parte deste artigo: Complexos de Inferioridade (Parte 1) por Aécio Cesar

Analisemos bem o que afirma o Assistente Barcelos que fazia parte de um dos grupos de socorro do “Santuário da Benção”, narrado pelo espírito André Luiz na psicografia do saudoso médium Chico Xavier:

… é ela o repositório das emoções e desejos, impulsos e tendências que não se projetaram na tela das realizações imediatas;”André Luiz

Nesse repositório, creio eu, nada mais é que a Caixa de Pandora, ou seja, o que realmente nos falta liquidar das nossas dívidas pendentes na Justiça Divina.

É também tudo aquilo que pensamos e agimos nas várias oportunidades que o Criador nos ofertou através das reencarnações como garantias do nosso avanço espiritual.

Diante desse aspecto mais das vezes científico, o benigno orientador acima complementa seu raciocínio:

Faltam, pois, (…) a noção dos princípios reencarnacionistas e o conhecimento da verdadeira localização dos distúrbios nervosos, cujo início muito raramente se verifica no campo biológico vulgar, mas quase que invariavelmente no corpo perispiritual preexistente…”André Luiz

Expressamo-nos no mundo segundo o que ainda dita o nosso interior que, diante de tantas falhas consecutivas, tenta ele achar meios para extravasar o lado ainda não analisado ou compreendido por nós.

E no que condiz a essa citação, muitos cientistas renomados, como exemplo, Segismundo Freud quase chegaram perto de descobrir a verdadeira essência dos males morais que acometem milhares de pessoas por todo o mundo.

✉ Fique Atualizado!



Rádio On-line Vivência Espírita

Assim, cabe, portanto, nesse sentido que toda Casa Espírita acentue sim e melhor, nas suas reuniões de estudo, um aparte quanto à existência do perispírito ante as nossas deficiências de natureza moral.

Faltam-nos ainda diálogos mais abrangentes a respeito deste outro corpo que possuímos além, claro, do nosso corpo físico. Não deveremos ter melindres porque ainda não sabemos explanar melhor esse assunto.

Renúncia

Clique para saber mais sobre o livro

Contudo, muito se tem o que falar, mas poucas são aquelas pessoas determinadas a analisar com mais critério um estudo dessa envergadura.

E como compreender melhor a nossa organização física se se não conseguimos vislumbrar os meandros da essência perispirítica que a coordena em todos os sentidos?

Seguindo esse meu raciocínio, vamos ler mais um pouco das anotações que André nos transmitiu quando em contato com o Assistente Barcelos:

… no entanto, estende-se (a subconsciência – grifo nosso) muito além da zona limitada de tempo em que se move um aparelho físico.”André Luiz

Reconhecemos aqui a vazão indireta, mas ativa da subconsciência no nosso cotidiano.

Implantada além do corpo perispirítico, mais precisamente na área erradicada do corpo mental, ela faz aflorar segundo determinadas circunstâncias, várias enfermidades como também outras tantas virtudes, se as tivermos.

Assim sendo, não valeria da nossa parte, Leitor Amigo, mais participação no contexto em que ela encerra para nós hoje? Cap.2-g

Aécio Emmanuel Cesar

Complexos de Inferioridade

---------- Publicidade ---------- ---------- Publicidade ----------

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.