BLOG DR INACIO FERREIRA

Como Você Interpreta?! – XXXIX por Dr. Inácio Ferreira

O capítulo 41 – “Convocados à Luta” –, de “Nosso Lar”, é interessantíssimo, porque, principalmente, nos fala sobre a interação existente entre Plano Físico e Plano Espiritual – estamos todos conectados, e não apenas do ponto de vista psíquico.

 

A lógica nos diz que, em verdade, não pode haver solução de continuidade em nenhum dos departamentos da Vida no Universo – a Lei de Ação e Reação impera no âmbito da Criação Divina, envolvendo os seres macro e microscópicos, visíveis e considerados invisíveis. Uma única célula doente pode comprometer a saúde de todo o organismo, quanto uma única célula sadia pode promover a sua regeneração.

 

Antes de abordarmos o tema que André Luiz aborda no capítulo 41, a questão da Segunda Grande Guerra Mundial (1939/1945), que, segundo os estudiosos, no curto espaço de seis anos, ceifou, entre a população civil e militar, cerca de 50 milhões de vidas humanas, atentemos para o curioso texto que Allan Kardec fez publicar na “Revue Spirite”, mês de outubro de 1868, sob a responsabilidade do Dr. Barry, espírito, como também no capítulo 18, de “A Gênese”.

 

De acordo com alguns pesquisadores, o Dr. Barry teria sido o Dr. James Barry – James Miranda Stuart Barry –, um cirurgião do exército britânico, dos que mais se destacaram na Batalha de Waterloo. Ele era na verdade uma mulher, Margaret Ann Bulkley, que passara a vida disfarçada de homem para poder dedicar-se à Medicina. Desencarnou a 25 de julho de 1865.

✉ Fique Atualizado!



Rádio On-line Vivência Espírita

“Permiti-me acrescentar algumas palavras, como complemento, à comunicação que vem de vos dar o eminente Espírito de Arago. Sim, certamente, a Humanidade se transforma como já se transformou em outras épocas, e cada transformação é marcada por uma crise que é, para o gênero humano, o que são as crises de crescimento para os indivíduos; crises frequentemente penosas, dolorosas, que carregam com elas as gerações e as instituições, mas sempre seguidas de uma fase de progresso material e moral. A Humanidade terrestre, chegada a um de seus períodos de crescimento, está em pleno, há um século, no trabalho da transformação; é porque ela se agita por todas as partes, presa de uma espécie de febre e como movida por uma força invisível, até que ela tenha retomado a sua situação sobre novas bases. Quem a vir, então, encontrá-la-á muito mudada em seus costumes, seu caráter, suas leis, suas crenças, em uma palavra, em todo o seu estado social. Uma coisa que vos parecerá estranha, mas que por isso não é menos uma rigorosa verdade, é que o mundo dos Espíritos que vos cerca sofre o contragolpe de todas as comoções que agitam o mundo dos encarnados; digo mais: nele toma uma parte ativa. Isto nada tem de surpreendente para quem sabe que os Espíritos não fazem senão um com a Humanidade; que dela saem e que nela devem reentrar; é, pois, natural que se interessem pelos movimentos que se operam entre os homens. Ficai, pois, certos de que, quando uma revolução social se realiza sobre a Terra, ela movimenta igualmente o mundo invisível; todas as paixões boas e más ali são superexcitadas como entre vós; uma indizível efervescência reina entre os Espíritos que ainda fazem parte de vosso mundo e que esperam o momento de nele reentrar. À agitação dos encarnados e dos desencarnados se juntam às vezes, e frequentemente mesmo, porque tudo se mantém na Natureza, as perturbações dos elementos físicos; é então, por um tempo, uma verdadeira confusão geral, mas que passa como um furacão, depois do qual o céu volta a se tornar sereno, e a Humanidade, reconstituída sobre novas bases, imbuída de novas idéias, percorre uma nova etapa de progresso. (destacamos) É no período que se abre que se verá o Espiritismo florir, e que ele dará os seus frutos. É, pois, para o futuro, mais do que para o presente, que trabalhais; mas era necessário que esses trabalhos fossem elaborados antes, porque preparam os caminhos da regeneração pela unificação e a racionalidade das crenças. Felizes aqueles que os aproveitam desde hoje, será para eles tantos ganhos e dificuldades poupadas.”

 

Como os nossos irmãos e irmãs internautas, principalmente na parte que transcrevemos em destaque, interpretam o texto acima, de autoria do Dr. Barry?!

 

Conforme o dito popular, nele existe “pano prá manga”… E nós, sinceramente, desejamos ouvi-los.

 

INÁCIO FERREIRA

 

Uberaba, 25 de dezembro de 2017.

 

NOTA: Este Blog estará de volta no dia 15 de janeiro de 2017. Obrigado.

 

Fonte: http://inacioferreira-baccelli.blogspot.ae/2017/12/como-voceinterpreta-xxxix-o-capitulo-41.html

Antonio Nazareno FavarinDr. Inácio Ferreira
Blog do Dr. Inácio Ferreria mantido pelo medium Carlos A. Baccelli
Site Oficial: Mediunidade na Internet
---------- Publicidade ---------- ---------- Publicidade ----------

Adicionar Comentário

clique aqui para deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.