BLOG DR INACIO FERREIRA

Como Você Interpreta?! XLVI por Dr. Inácio Ferreira

Alguns espíritas tomam as narrativas de André Luiz, em “Nosso Lar”, para serem excessivamente rigorosos com o autor espiritual, que, sem dúvida, em suas páginas, procurou apequenar-se, a fim de transmitir aos encarnados as realidades da Vida além da morte.

 

André Luiz, em “Nosso Lar”, adotou – digamos assim – o mesmo comportamento que o médium Chico Xavier adotava, quando se colocava no centro das lições que afirmava pertencerem a Emmanuel, quando, na maioria das vezes, o Benfeitor Espiritual parecia ser excessivamente rigoroso com ele.

 

Fazemos este preâmbulo para que os nossos irmãos não deixem de melhor reparar no que o autor de “Nosso Lar” anotou nos primeiros parágrafos do capítulo 45 – “No Campo da Música”.

 

“(…) Não obstante a escassez dos meus dias de serviço, já dedicava grande amor àquelas Câmaras.As visitas diárias do Ministro Genésio, a companhia de Narcisa, a inspiração de Tobias, a camaradagem dos companheiros, tudo isso me falava particularmente ao espírito. Narcisa, Salústio e eu, aproveitávamos todos os instantes de folga para melhorar o interior, aqui e ali, suavizando a situação dos enfermos, que estimávamos de todo o coração, como se fossem nossos filhos.”

 

Ora, que categoria de espírito que houvesse, há tão pouco tempo, sido albergado em “Nosso Lar”, se mostraria assim tão amoroso com os doentes, a ponto de quase considerá-los como se lhe fossem filhos?!

 

Por iniciativa própria, com Narcisa e Salústio, aproveitando instantes de folga, André se dedicava a oferecer aos enfermos melhores condições de tratamento.

 

Vocês conhecem, na Terra, algum médico que, no hospital público em que trabalha, aja dessa maneira?! Claro que deve existir, mas, de tão raro, chega a ser quase invisível ao olhar humano, não é mesmo?!

✉ Fique Atualizado!



Rádio On-line Vivência Espírita

As novidades relatadas no capítulo 45 são inúmeras:

 

– Novamente, André faz referências ao entardecer e ao anoitecer, em “Nosso Lar”, tornando a deixar evidente a existência de dia e noite no Mundo Espiritual, porque o chamado Mundo Espiritual é também um orbe que gira em torno de si mesmo e do Sol, nos conhecidos movimentos de Rotação e Translação. Você já pensou nisto?! Quantos imaginam o Mundo Espiritual um mundo estático, não é?!

 

– Dona Laura, mãe Lísias, iniciaria o seu processo de reencarnação, ou de volta ao corpo carnal, na próxima semana e, por conta disso, “a casa estava repleta de contentamento” – não havia qualquer sinal de luto ou tristeza.

 

– André, que havia sido convidado ao “Campo da Música”, ouve de Dona Laura palavras bem humoradas: “Tome cuidado com o coração!…” Com certeza, a mãezinha de Lísias desejou alertá-lo para que procurasse se resguardar das saudades da família que ele havia deixado na Terra… Ou ainda, quem sabe, para que se cuidasse em seu campo afetivo, em relação a novas amizades que pudesse vir a fazer…

 

– Lísias diz a André, quando ambos descem do aeróbus, numa das praças do Ministério da Elevação: “Finalmente, vai você conhecer minha noiva, a quem tenho falado muitas vezes a seu respeito.” André, esboçando surpresa, diz ao amigo: “É curioso encontrarmos noivados, também por aqui…”

 

A surpresa do autor espiritual de “Nosso Lar” é semelhante, inclusive, de muitos espíritas que até hoje ficam sem entender que haja noivados no Mundo Espiritual – e, cá entre nós, muito mais que noivados…

 

Seria interessante que os estudiosos do Espiritismo procurassem explicar tais esclarecimentos, não permanecendo na expectativa de que os considerados “mortos” tenham a obrigação de tudo explicar.

 

Vocês não acham?!…

 

INÁCIO FERREIRA

 

Uberaba – MG, 26 de fevereiro de 2018.

 

Fonte: http://inacioferreira-baccelli.blogspot.ae/2018/02/como-voceinterpreta-xlvi-alguns.html

Antonio Nazareno FavarinDr. Inácio Ferreira
Blog do Dr. Inácio Ferreria mantido pelo medium Carlos A. Baccelli
Site Oficial: Mediunidade na Internet
---------- Publicidade ---------- ---------- Publicidade ----------

Adicionar Comentário

clique aqui para deixar um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.