SINAL VERDE

Psicografia de Dra. Tânia Fregonesi por Ari Rangel

Queridos amigos e irmãos deste lar, a Paz do Mestre esteja com todos nós!

Queridos Rodrigo e Helder, é com imensa alegria que venho até aqui para grafar algumas linhas do outro lado do trabalho que tivemos a alegria de desenvolver com as nossas diminutas possibilidades, mas consolando dentro do possível, aos corações saudosos do aceno daqueles que se transferiram para a vida espiritual.

Ah, como é maravilhoso e movimentado o correio fraterno, com a intervenção hercúlea dos benfeitores espirituais para que tudo saia a contento e da melhor forma possível.

Fiquei imensamente feliz por receber o carinho e a gratidão daqueles que tiveram a possibilidade de usar as nossas mãos e os nossos pensamentos. Mas não basta apenas querer servir, é necessário, como dizia a canção cantada ha pouco, é preciso esquecer-se em serviço…

Por isso, agradeço a Deus pela oportunidade que tive e hoje, usando-me de um canal mediúnico, vejo os esforços gigantescos de nossos irmãos espirituais lançando luzes nas tristezas e sofrimentos humanos.

Quem nos acompanha até aqui são os amigos irmãos de ideal, que igualmente, tiveram a possibilidade de trabalhar na seara espírita joseense, como os nossos irmãos Alan Krambeck, Dalmo Rangel, Amaral e o nosso querido Rodolfo, o Dodô, filho do seu Rui Barbosa e da Dona Regina, que se afeiçoou muito ao médium que nos serve de instrumento neste momento.

Quanta alegria a nossa de estarmos aqui realizando este processo sem maiores dificuldades.

Digam por gentileza ao nosso irmão Jorge Augusto Reis, que seu irmão e parceiro espiritual Aurélio Augusto segue com ele e o Pai Joaquim de vento em poupa, além dos muitos parceiros musicais que junto dele e o Luizinho exercem a mediunidade musical. São parceiros de sempre. É o nosso irmão Aurélio que nos pede para reforçar a parceria espiritual que se estreita mais e mais.

Gostaria, imensamente, de dar notícias dessa nova dimensão de forma mais detalhada, mas são tão surpreendentes os acontecimentos da vida espiritual que tudo o que eu disser ainda será pouco.

✉ Fique Atualizado!



Rádio On-line Vivência Espírita

Pena que somos, quase sempre, cegos espirituais, quando estamos matriculados na escola terrena, mas é necessário esforçarmos-nos por mudar!

Rodrigo, meu filho querido agradeço a você a imensa bondade de seus corações no instante que me transferi para cá. Confesso, que não foi fácil, mas o conhecimento espiritual nos situa mais rápido na adaptação da nova dimensão.

Soube por aqui que você e sua Camila vão constituir uma linda família. Aproveito o momento para desejar tudo de bom e maravilhoso para as almas gêmeas de vocês, se assim posso me expressar.

O benfeitor e irmão que te acompanha Túlio, se prepara para que a família atinja os compromissos necessários. Tudo vem de Deus e conforme as diretrizes não do mundo fisico, mas das ligações afetivas que compõem um enredo evolutivo. Deus os abençoe desde já.

Escrevo a você como alguém que gostaria de acenar com a prova que somos todos fênix, que além da vida fisico.

Por isso, deixo a vocês a minha eterna gratidão. Sou eu mesma, nem santa, nem melhor do que já alcancei, apenas mais consciente do que já fui.

Meus Deus lhes pagues a todos!

Quando puderem beijem e digam a nossa Marina que estamos sempre juntas, muito mais do que ela imagina.

Fique todos com o Deus bondoso de sempre.

Sou a irmã rediviva, deste outro lado da vida.

Tânia
Tânia M. Fregonesi de Moraes

(Carta piscografada de forma espontânea pelo médium Ari Rangel em 20.08.2016 durante sessão pública na Casa de Euripedes em Taubaté/SP. A carta foi lida durante o programa #584)

CartaPsicografadaTaniaFregonesi_

Adicionar Comentário

clique aqui para deixar um comentário