SINAL VERDE

Psicografia de Alamar Régis por Ari Rangel

Reproduzir

“Meus irmãos, que Deus me ajude a escrever essa mensagem. Não quero dar um de coitadinho e nem de santo. Morri e pronto! Sem essa de me achar agora evoluído. Sou um espírito imperfeito e parece que vou continuar a ser por um longo tempo ainda. Só preciso, daqui para frente brigar mais comigo mesmo. É uma chatice chegar por aqui com o título de espirita. A gente sofre pra burro, quando vê padre, pastor e até ateu melhor do que a gente. Não tô chorando não, gente, só tô querendo dizer que não basta achar que é espírita. Essas frescurices não colam por aqui. Aliás o que não falta é espírita chorando por essas bandas, justamente por acharem que era uma coisa quando eram outra.

Por minha vez os amigos espirituais me disseram que eu podia ter ficado mais por aí, mas a minha inconformação e quase intolerância com as patuscadas e esparrelas de nosso movimento, criaram zonas enfermiças no meu campo mental e que descambaram para a desarmonia celular, gerando bílis em excesso. Uma coisa assim. Mas é que eu tinha tanto amor pela Doutrina que não engolia as sandices de alguns companheiros desavisados.

Já briguei inclusive com uns médicos daqui que me pedem mais paciência! Não é fácil a gente se adaptar de pronto, por mais que gente saiba da vida espiritual pelas lentes abençoadas do Espiritismo.

Não quero ser profeta do Apocalipse, mas se posso dar um toque para o pessoal espirita, principalmente o povo que já se acha evoluído, é que ninguém aguarde um Bezerra de Menezes ou um André Luiz à sua espera. Isso é balela igrejeira! Não que não haja devotados benfeitores por aqui, mas há muitos servidores anônimos que nunca passaram perto dos livros espíritas psicografados. Muitos!

Tenho que usar a oportunidade para agradecer de verdade, mas verdade verdadeira mesmo, a tanta gente boa e cristã dessa terra, para a qual os benfeitores espirituais me intuiram a procurar. Só aqui teria o acolhimento que necessitava . Batata! Onde achar gente como os irmãos que achei por aí? Tô atazanando o portador dessa mensagem apenas para dizer que continuo amando muito a vocês e o que fizeram por mim é coisa que nem seu fosse um Aristóteles Onassis, teria grana para pagar, tanto carinho a um cara que nem parente era de vocês. De verdade : muito obrigado, gente linda! Aos meus anjos da Casa da Paz, um beijo em cada um de vocês!!! Sem palavras!!!

Por aqui quem me estende aos mãos na nova etapa é o nosso venerando Frei Luiz, ao lado de outros abnegados que me compreendem a necessidade. Isso posto, do mesmo jeito de sempre, sem milagres santificantes, nem canonização alguma, sigo, dentro do possível, o amigo que mesmo sem a carcaça, dá hoje o arzinho da graça.

Digam ao Hélio e à Ludmila que Jacareí fará parte de minhas tarefas no futuro.
Ao Jorge, Rui, Hélder, Graça, Rodrigo e demais confrades, minha terna gratidão.
Agradeço a intervenção do seu filho, Rui, que achou uma anteninha pra eu dar esse “salve” de gratidão a vocês.
Aos meus corações queridos digo que estamos sempre juntos, como hoje, por exemplo.

Sem mais, sou o amigo da nova dimensão.

Ate mais!

ALAMAR
ALAMAR RÉGIS”

(Mensagem psicografada recebida de forma espontânea pelo médium Ari Rangel de Tremembé-SP, no dia 13 de Agosto de 2016.)

Bom dia Rodrigo e obrigada pela mensagem que acabou me enviar. Uma carta psicografada do Alamar.
Estou em lagrimas e acredite acabei de acordar sonhando com ele e com uma carta psicografada.
Tudo agora pela manhã. A primeira coisa que fiz foi pegar meu celular e lê tudo do whatsapp e por surpresa minha, meu sonho estava aqui. 🙏🙏🙏🙏🙏 – 14/08/2016 por Cristina (Tina, Esposa de Alamar Regis)

✉ Fique Atualizado!



Rádio On-line Vivência Espírita

Posts Anteriores Relacionados

8 Comentários

clique aqui para deixar um comentário

  • Nossa!!!! È muito importante sabermos ainda aqui encarnados que a pátria espiritual nao passa a mão na cabeça de nínguem. tem muita misericórdia sim , muito amor sim, mas teremos que reparar tudo que fizermos, isso pra mim é consolador, por isso nao desejo a morte de nínguem. porque ela não existe, precisamos melhorarmos sempre, ir ao Centro é muito bom, mas devemos tambem fazermos dentro de casa, a casa de Deus que tanto procuramos em outros lugares, cada um com sua religiao, e aí quando chegamos do outro lado, ficamos sabendo que o espirita nao é o dono da verdade, alguns se acham o dono do mundo, as vezes colocam a gente que esta começando na doutrina se sentido um nada como eu me senti no centro que frequentava, por isso saí e agora vou ao Frei Luiz aqui no Rio e pronto, procuro manter -me em paz dentro do possível e agradeço a espiritualidade tudo que tenho, foi um desabafo, mas é verdadeiro…precisamos alertar nos centros espiritas que somos humanos e que a doutrina é dos espiritos e nao dos espiritas, obrigada!!!!!

  • Fantástico!
    Parece que estou frente a frente com ele.
    Amo o Alamar. Amo esse jeitão que tanto me identifica com ele. Sou muito parecida com ele. /Acho que por isso nos entendíamos tão bem.
    Obrigada Rangel, por nos presentear com essa mensagem.

  • Bom dia, essa comunicação tem os trejeitos do Alamar, seria possível ter acesso ao original para fazermos um grafismo? A comunicação veio por psicografia mecânica? Abraços e obrigado por compartilhar!

  • Querido Krayher,

    Deus nos abençoe.

    Segundo o médium, a psicografia foi semi-inconsciente, mas ele não é mecânico. A psicografia foi realizada em um rascunho e teve o apoio do espírito do Dodô filho do Rui Barbosa, apresentador e co-fundador do Programa Vivência Espírita. O Alamar escolheu um médium que não o conhecia pessoalmente, sem nunca terem conversados antes, por isso ele reconheceu, mentalmente, somente o Dodô.

    Se possível por favor poste esse artigo no seu site, para divulgar a mensagem que o Alamar nos deixou, serve para alertar todos nós espiritas.

    Paz e Alegria!

    Rodrigo Costa

  • Até agora estou tentando acreditar que, um amigo muito querido como o Alamar, esteja se comunicando com a gente, isso pra mim é uma benção!

  • Muitos Domingos pela manhã eu acordava mais cedo para assistir ao seu programa espírita, com o qual aprendi muito. Obstinado, fazia seu programa de TV no canal Embratel, somente recebido via Antena Parabólica, com muito pouco dinheiro para a produção do programa, usava uma câmera filmadora caseira, dessas que se usava para filmagens de aniversários. Não sabia de sua morte, espero que encontre muita paz.

  • O Alamar faz muita falta. Mostrava a todos um espiritismo sem frescuras, como ele gostava de dizer. Espero que lá do plano espiritual ele consiga inspirar outras pessoas a divulgar a Doutrina Espírita do jeito que ela merece.
    Força Alamar! Tô contigo meu irmão.