LUZ INFINITA

Ordem Divina por Aécio César

Muitos me perguntam se ainda existem espíritos que comungam apenas o mal e que relegam as Leis criadas por Deus.

Para a minha tristeza, existem, sim, esses réprobos da Criação. Mas, devemos confiar no Criador que um dia chegará a que esses repatriados consigam uma visão melhor da Ordem Divina que nos envolve a todos.

Ante o assunto, depois da repreensão recebida por não controlar os impulsos estando em um cenário de dor visto no Umbral e ante a cerração de inquisidores do mal sobre os sofredores à sua guarda, André Luiz conseguiu inspecionar melhor o seu mundo íntimo, relatado no livro: “Obreiros da Vida Eterna”, pela mediunidade de Chico Xavier:

Em verdade, como interpretar investidas de criaturas já de si mesmas tão desventuradas?”

Naquele momento, seria para muitos, qual lançar pérolas aos porcos, nos dizeres de Jesus. Ante aquele cenário de sofrimento de ambas as partes – dos verdugos e dos sofredores à sua guarda – nada melhor que solicitar a intervenção divina à equipe ali prestativa, pois onde as sombras se deixavam estacionar, o teor magnético inferior rondava todas aquelas paragens.

Diante do pensamento mais reservado de André, temos outra citação:

Quem éramos nós, para convertê-las, inopinadamente, se o próprio Senhor lhes tolerava, paciente e amigo, as palavras torpes, sem represálias individuais?”

Aqui devemos nos conter que a Verdade é bastante diferenciada de um quanto outro Espírito em ensaios espirituais que lhes garantam sobriedade nos pensamentos mais religiosos. Tudo tem a sua hora de despertamento e, para aquelas criaturas, ali, nos Umbrais da Vida, teriam sim a chance de interpretar o Criador com respeito e mais consideração.

Tanto nos Planos Espirituais quanto na Terra, ainda existem irmãos nossos que ainda se encontram com a mentalidade não madura o suficiente para compreender o objetivo da própria existência, quanto mais ter a sensibilidade de auscultar melhor a Criação a qual é peça importante.

Para o conhecimento da Verdade, na compreensão que nos cabe filtrar diante dos degraus da evolução que nos concebe melhor ressarcimento de ideias, necessário é que se tenha certa limitação do que se pode até então interpretar e compreender.

Mas André Luiz numa dessas citações disse uma coisa que para muitos passou despercebida: Vejamos:

… Entretanto, razões ponderáveis existiriam, justificando a ligação entre algozes e vítimas, razões que me escapavam, naturalmente, na hora em curso”

Sei aonde o nosso jornalista do Além queria chegar. Ninguém se encontra no lugar errado e com pessoas erradas. Tudo tem uma razão de ser. Já que o caos não existe entre a matéria e a antimatéria, não existiria de sentimento a sentimento.

Tudo é aprendizado. Capta aqueles que já têm o diapasão da indulgência em pleno desenvolvimento, aquiescendo que o auxílio é indispensável para que todos nós consigamos subir os degraus do conhecimento e da devoção uns com os outros.

Concorda comigo Amigo Leitor? Cap. 8e

Aécio Emmanuel Cesar

---------- Publicidade ---------- ---------- Publicidade ----------

Adicionar Comentário

clique aqui para deixar um comentário