LUZ INFINITA

Inteligência Moderna por Aécio César

Você alguma vez já parou para pensar que a tecnologia de ponta da atualidade está afetando profundamente os sentimentos humanos? Que ela está distanciando corações familiares ao contrário de unir pensamentos em um mesmo fanal de espiritualidade? O que nos espera, então, tanta tecnologia e menos amor no coração?

Diante do exposto, vamos ver o que nos diz André Luiz que ouvia o assistente Calderaro antes do início da preleção do instrutor Eusébio em um planeta espiritual acima do nosso, material. Dizia esse assistente: “… em face do surto da inteligência moderna, que embate na paralisia do sentimento, periclita a razão”.

É o que está acontecendo no meio humano. O homem antes desviava o olhar para o mendigo na rua; hoje além disso, ele, com o celular, bate foto das desgraças alheias e coloca nas redes sociais fazendo chacotas não imaginando que num futuro não muito distante pode ser ele ali sobrevivendo de esmolas. Mas o que está dando ibope nas redes sociais como também nos meios de comunicação é desentendimentos, morticínios, brigas, escândalos e isso vindo aflorando dos lares para a sociedade.

O sentimento do homem paralisou-se ante as maravilhas da tecnologia. Mas, antes que me apedrejem, eu sou a favor do crescimento tecnológico; o que procuro me expressar aqui é que deixemos o celular, o computador, o tablet e estejamos mais presentes no convívio com os pais, visitar pessoas doentes, fazer a caridade amparando um idoso, acolhendo uma criança, orientando adolescentes…

Mas muitos irão me questionar: como fazer isso se a violência hoje no mundo está a um ponto de não podermos confiar nem mesmo em nossos familiares? E eu respondo: porque o mal hoje dita as normas de vivência e de convivência, impedindo que um ou outro possa auxiliar o próximo segundo medidas de segurança direta ou indiretamente falando. Temos que dar o primeiro passo, descruzar os braços, colocar a cabeça para funcionar não se influenciando por opiniões de terceiros.

É por isso que a inteligência desenfreada vem a atropelar a razão, onde o humano ser não consegue atinar no certo ou no errado a sua ação de soberania. Tudo do homem hoje em dia é fazer protestos sem saber ao certo se o que está fazendo vai favorecer a ele, às pessoas que seguem ou a quem estes protestos venham afetar. Não será vir a gritar aos quatro ventos por um respeito fidedigno se o brasileiro ainda carece de princípios de cidadania.

Hoje temos tudo para que o Brasil se torne uma pátria amada, idolatrada por seus compatriotas. Mas o brasileiro por sua vez nunca está satisfeito. Vale lembrar aqui que, se nem mesmo Jesus conseguiu aliar os povos da sua época, o que esperar de patrícios que desejam realmente mudar a cara desse país com leis obsoletas, já vencidas suas validades? Seguramente para essa mudança será o mesmo que cutucar um vespeiro sem chances de não ser picado. Isso é o que dá lançar pérolas a porcos. Entendeu, Leitor Amigo?

Ari RangelAécio Emmanuel César
Médium de psicografia desde 1990, tarefeiro espírita na cidade de Sete Lagoas/MG.

---------- Publicidade ---------- ---------- Publicidade ----------

Adicionar Comentário

clique aqui para deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.