ARTE DE ESCREVER BEM

FIQUEM ALERTA ou FIQUEM ALERTAS? POR ANTONIO NAZARENO FAVARIN

“FIQUEM ALERTA” ou “FIQUEM ALERTAS”?

Correto: fiquem alerta.

A palavra “alerta” tem cinco funções. Dependendo do contexto, esse termo pode significar: um advérbio, adjetivo, substantivo, verbo ou uma interjeição. Vejamos caso a caso, por meio de exemplos com as devidas explicações:

a) Advérbio

Exemplo: nos dias 07 e 28 de outubro deste ano (2018), toda a população brasileira acompanhou, alerta, os resultados de nosso pleito eleitoral.

Explicação: a palavra “alerta” especifica, neste exemplo, que a população brasileira esteve, nesses dois dias, acompanhando atentamente a eleição de cada candidato. Neste sentido, o termo “alerta” caracteriza-se um advérbio e permanece invariável.

b) Adjetivo

Exemplo: seguindo a máxima do Evangelho “vigiai e orai…” de nosso Mestre Jesus – nosso Modelo e Guia – nós devemos estar constantemente alertas.

Explicação: aqui, o termo “alertas” é adjetivo e sinônimo de vigilantes, pois confere uma característica ao sujeito, representado pelo pronome “nós”, e concorda com este em número, pluralizando-se.

✉ Fique Atualizado!



Rádio On-line Vivência Espírita

c) Substantivo

Exemplo: foram feitos diversos alertas a toda população a fim de que se prevenisse da iminência de uma grande tempestade naquele local.

Explicação: neste exemplo, o termo “alertas” é um substantivo porque é sinônimo de “avisos” e que é passível, também, de ser flexionado (pluralizado).

d) Verbo

Exemplos: a Doutrina Espírita alerta-nos a que sejamos, neste mundo de provas e expiações, pessoas de Bem, praticantes da Caridade – virtude central da moral espírita. Alerta-nos, sobremaneira, contra as mistificações, fazendo-nos compreender que a fé sem raciocínio não passa de uma fé cega; por isso, ela tem que estar alicerçada na Razão.

Explicação: aqui, os dois verbos “alerta” estão empregados no sentido de acautelar, prevenir, esclarecer, conscientizar

e) Interjeição

Exemplo: alerta! ordenou o sargento, em alta voz, aos soldados.

Explicação: neste exemplo, a palavra “alerta” significa sentido!, cuidado!, cautela! e é invariável (não pluralizada).

 

Para reflexão:      – “O destino trará de volta todas as pedras que nós arremessamos um dia” – Haroldo Dutra Dias.-

– “Escapamos da morte quantas vezes for preciso, mas da vida nunca nos livraremos” (*) – Chico Xavier.

 

(*) Explicação: “da vida nunca nos livraremos” porque somos criaturas eternas.

 

Antonio Nazareno FavarinAntonio Nazareno Favarin
Professor de Português, Revisor de livros de São José dos Campos-SP.
---------- Publicidade ---------- ---------- Publicidade ----------

1 Comentário

clique aqui para deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Ilustre professor Nazareno, meus sinceros parabéns, por suas ponderações esclarecedoras. Continue firme!
    Fraternal abraço,
    Gilberto Pinheiro