BLOG DR INACIO FERREIRA

Como Você Interpreta?! – L por Dr. Inácio Ferreira

O capítulo 47 de “Nosso Lar” – “A Volta de Laura” –, em nossa opinião, é um dos mais intrigantes do livro. O texto aborda diálogos em torno da reencarnação de Dona Laura, mãe de Lísias, que seguiria o esposo Ricardo, que já se encontrava na Terra, e, novamente, com ele se consorciaria.

Mais uma vez, chamamos a atenção de nossos irmãos e irmãs internautas para a reunião, que, praticamente, na véspera de seu regresso ao corpo grosseiro, acontecia na casa da genitora de Lísias.

 

– Povoava-se a encantadora residência de melodias e luzes. As flores pareciam mais belas.

 

Numerosas famílias foram saudar a companheira, prestes a regressar. Os visitantes, na maioria, cumprimentavam-na, carinhosos, ausentando-se, sem maiores delongas; no entanto, os amigos mais íntimos lá permaneceram até alta noite. (…).

 

Quanto contraste, não é?! Na Terra, quando alguém se encontra prestes a deixar o corpo físico, a residência se cobre de luto e, não raro, copiosas lágrimas de inconformação são derramadas… Poucos, ou pouquíssimos, os que veem na “morte” a libertação do espírito, que, caso tenha cumprido com os seus deveres na romagem terrestre, retorna ao Mundo Espiritual na condição de vitorioso!…

 

O Ministro Genésio, com o intuito de mais encorajá-la ao tentame, diz à valorosa senhora:

 

– (…) É uma glória seguir para o mundo, nas suas condições. Milhares e milhares de horas de serviço a seu favor, perante a comunidade de mais dum milhão de companheiros. (…)

 

Em resposta, ela argumenta:

✉ Fique Atualizado!



Rádio On-line Vivência Espírita

– Tudo isso me reconforta (…), mas devemos compreender que a reencarnação é sempre uma tentativa de magna importância. (…).

 

“Tentativa de magna importância”!… (todos os destaques são nossos)

 

Veja-se que, embora a sua condição espiritual, Dona Laura receava os desafios que haveria de enfrentar na Terra, temendo que, talvez, pudesse vir a falhar em seus propósitos de elevação!…

 

Realmente, para o espírito consciente do que representa viver num orbe de provas e expiações, não é fácil tomar a decisão de voltar, sabendo que haverá de expor-se a inúmeros perigos em que pode vir a se comprometer perante a Lei do Carma…

 

O Ministro Genésio, representando a Governadoria, prossegue em seu diálogo com Laura, que, no entanto, expõe a ele quais os seus três maiores receios, no ato de reencarnar – ela não duvidava da Proteção Divina, mas…

 

Vamos ao 1º deles:

 

– Bem sei que a Terra está cheia da grandeza divina. Basta recordar que o nosso Sol é o mesmo que alimenta os homens; no entanto, meu caro Ministro, tenho receio daquele olvido temporário em que nos precipitamos. (…)

 

Você, certamente, nas palavras da genitora de Lísias, também prestou atenção quando ela se refere à dupla natureza do Sol, que, ao mesmo tempo, é estrela para a Terra e para o Mundo Espiritual?!…

 

Teria você alguma explicação para o fenômeno singular?!…

 

Na próxima semana, veremos quais são os outros dois grandes receios de Dona Laura. Não perca, pois, as “cenas” do próximo capítulo…

 

INÁCIO FERREIRA

 

Uberaba – MG, 26 de março de 2018.

 

Fonte: http://inacioferreira-baccelli.blogspot.com/2018/03/como-voceinterpreta-l-o-capitulo-47-de.html

Antonio Nazareno FavarinDr. Inácio Ferreira
Blog do Dr. Inácio Ferreria mantido pelo medium Carlos A. Baccelli
Site Oficial: Mediunidade na Internet
---------- Publicidade ---------- ---------- Publicidade ----------

Adicionar Comentário

clique aqui para deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.