ARTE DE ESCREVER BEM

“Ao Invés de” ou Em Vez de”? por Antonio Nazareno Favarin

Comentário: essas duas locuções existem em nossa Língua Portuguesa, e geram muitas dúvidas, na fala e na escrita, quanto ao seu emprego correto. Sendo sua grafia e prosódia semelhantes, vejamo-las, abaixo, em quais situações poderemos utilizá-las:

O termo “invés” é uma derivação da palavra latina “inversum”, que significa: “inverso/contrário”; daí podermos utilizar a expressão ao invés de somente a situações contrárias/opostas.

Exemplo: aqueles cidadãos, ao invés de praticarem o bem, desvirtuaram-se a um mau caminho que, pela lógica Divina, comprometeram, seriamente, sua atual encarnação.

A locução prepositiva “em vez de significa em lugar de e pode ser utilizada, também, para situações contrárias/opostas. Portanto, sendo seu uso mais abrangente, podemos, na dúvida, utilizá-la nos dois casos: em lugar de e ao contrário de.

Exemplos: – em vez de de ler, assisti, no youtube, à palestra: “Tudo Que Você Deseja Virá ao Seu Encontro” – de Haroldo Dutra Dias, juiz em BH. Renovação mental e espiritual em 54 minutos (aqui, no sentido de “em lugar de”).

                  – o orador, ao invés de ou em vez de falar baixo, elevou sua voz para que todos o ouvissem (aqui, nos dois sentidos: “ao contrário de” e “em lugar de”).

✉ Fique Atualizado!



Rádio On-line Vivência Espírita

“De encontro a” ou “Ao encontro de”?

Comentário: essas duas locuções estão corretas; porém, embora semelhantes, seus significados são totalmente opostos e dão margem a equívocos seriíssimos, distorcendo o sentido da comunicação formal e coloquial. Para dirimirmos tais dúvidas, que rondam em torno de seu uso, atenhamo-nos ao seu significado:

De encontro a: indica sempre discordância – algo contrário/oposto a.

Exemplo: as decisões/determinações equivocadas de muitas pessoas vêm de encontro à coerência do Evangelho estatuído por Jesus – nosso Modelo e Guia (são opostas às reivindicações estabelecidas pelo nosso Mestre).

Ao encontro de: determina uma situação de concordância – favorável/de acordo com.

Exemplo: todo nosso desempenho na Casa vem ao encontro dos assistidos que buscam socorro espiritual, moral e físico (indica concordância em favor das pessoas que vêm em busca de auxílio).

Nota: pelo exposto, entendemos facilmente a diferença dessas duas locuções prepositivas. São dois exemplos que desafiam nosso conhecimento linguístico; pois, diariamente, esbarramos com textos enigmáticos que, de antemão, parecem-nos corretos.

Por isso, é bom verificarmos o sentido exato das palavras, locuções ou expressões verbais de nosso léxico, que é riquíssimo em suas estruturas morfológicas.

Vale, aqui, o alerta a todo comunicador: “QUEM NÃO COMUNICA NÃO LIDERA” – Reinaldo Passadori – professor, conferencista e especialista em DHCV (Desenvolvimento Humano e Comunicação Verbal); e eu diria: “Quem não comunica com segurança não lidera”.

 

Antonio Nazareno FavarinAntonio Nazareno Favarin
Professor de Português, Revisor de livros de São José dos Campos-SP.
---------- Publicidade ---------- ---------- Publicidade ----------

3 Comentários

clique aqui para deixar um comentário

  • Muito bem explicado e exemplificado!!!
    São exemplos de situações que sempre ocorrem no cotidiano e que realmente resultam em dúvidas!

    Parabéns!!!

  • Parabéns, Sr. Antônio! Nossa língua portuguesa é riquíssima e precisa ser estudada com muito afinco!

  • Ressalto ainda que os exemplos utilizados pelo senhor vão ao encontro da vivência espírita! 🙂