LUZ INFINITA

Ação de Graça por Aécio César

Você, Leitor Amigo já agradeceu hoje pelo dom da vida? Agradeceu pelos desafios perpetrados na jornada evolutiva diante de tantos obstáculos no caminho, mas superados pela vontade de seguir sempre em frente? Agradeceu pelo auxílio direto e indireto dos missionários da luz que conosco caminham sempre juntos, nos orientando e nos intuindo no dever do bem a ser cumprido? Se ainda não tem essa virtude do agradecimento creio que você está perdendo chances de auto-burilamento, porque sem agradecer ficamos em dívida com o nosso Criador e Pai amantíssimo.

Price: R$ 26,20
Was: R$ 35,00
E nesse último capítulo do livro em estudo “Obreiros da Vida Eterna”, ditado pelo espírito André Luiz no lápis de Chico Xavier, sentimos felizes em completar mais uma vez um estudo sincronizado com altos luminares da Espiritualidade que sempre nos atendem as preces com louvor e reconhecimento.

Zenóbia reuniu as personagens Dimas e Cavalcante, Adelaide e Fábio, juntamente com a equipe liderada por Jerônimo e André Luiz na câmara de prece para as cordiais despedidas.
Será que diante de tanto caos ainda sabemos orar? Será que é apenas para pedir proteção aos nossos, estendendo para os nossos amigos que direta ou indiretamente se aninham conosco rumo à libertação espiritual? Doravante o merecimento de cada um, toda prece é ouvida, embora algumas delas de difícil aceitação diante daquele que ainda não sabe pedir.

A prece é mais sentida e mais valorizada quando ela se externa vinda do coração e não tão somente pelos lábios que sempre repete as palavras sem nenhum sentimento.
Jerônimo estava contente pois iria voltar à colônia Nosso Lar juntamente com a equipe que compartilhava a mesma felicidade. Juntos, ali na câmara de preces ouviam sensibilizados a prece feita pela irmã Adelaide ouvindo ao fundo uma orquestra que abrilhantava ainda mais aquele momento.

Após a prece, Irmã Zenóbia veio abraçar Adelaida sensibilizada. Os amigos, cada um deles se dirigiam aos seus afazeres em outros campos da espiritualidade superior. A equipe de Jerônimo também seguia jornada para volta ao lar.

Uma citação que não poderia passar despercebida:

“… depois de atravessar os círculos de baixo padrão vibratório em que se localizava o instituto de Fabiano, ganhamos região brilhante e formosa coberta pelo céu faiscante de estrelas”.

Como podemos notar existem espíritos que se sentem realizados quando estão praticando o bem no próprio habitat das sombras onde residem almas que ainda não se encontram merecedoras de luz do reconhecimento e gratidão.

E como viveram na Terra, milhares e milhares de almas regressam às paragens do espírito sem nenhuma aparelhagem moral quanto o agradecer por tudo ao Pai de bondade infinita. Como é bom sentir o trabalho realizado. Como é bom a ação de graças a Deus, no sentido de garantir forças no agir para o amanhã que nos espera a todos um pouco mais espiritualizados e compenetrados no trabalho da própria iluminação. Concorda comigo Leitor Amigo?

Ari RangelAécio Emmanuel César
Médium de psicografia desde 1990, tarefeiro espírita na cidade de Sete Lagoas/MG.
---------- Publicidade ---------- ---------- Publicidade ----------

Adicionar Comentário

clique aqui para deixar um comentário