LUZ INFINITA

A Crença Que Espera por Aécio César

Você alguma vez já parou para pensar que não fazendo o mal simplesmente você não será admitido nas hostes onde caravanas de homens de boa vontade fazem o bem como princípio harmônico de ideais, os mais cristãos? Com toda certeza o mal não praticado é um passo importante na higienização espiritual de toda alma criada pela Vontade Divina, mas também não desenvolvendo o bem no coração, esse se encontrará fadado a permanecer em treva indiferente à luz que cada um tem como sinal de Deus em nós.

Diante desse pensamento à guisa de prefácio, vamos ver o que nos diz o Instrutor Eusébio em sua preleção a respeito: “Sabemos que a harmonia interior não é artigo de oferta e procura nos mercados terrestres, mas aquisição espiritual só acessível no templo do Espírito”. A fé como sentimento exclusivo de cada criatura não se encontra em nenhum brechó da vida onde encontraremos promessas mirabolantes a preços módicos quais bugigangas várias que envaidece tão somente a forma exterior, mas que a sua essência continua enfermiça, fedentina.

Não adiantará nossos rogos: Senhor!!! Senhor!!! Se não fazemos a nossa parte no equilíbrio do planeta. Desejar é uma coisa; agora participar desse desejo para que ele se concretize é outra história, não acha Leitor Amigo?

Vejamos mais uma importante citação do ilustre Instrutor: “Não bastará, em nossas realizações, a crença que espera; indispensável é o amor que confia e atende, transforma e eleva, como vaso legítimo da Sabedoria Divina”. Belíssimo pensamento esse. Como podemos notar nossa religiosidade precisa do combustível do amor. Sem ele nossas preces serão quais bolhas de sabão que esvoaçando no ar por algum tempo acaba se dissipando no mesmo ar que a aceitou provisoriamente.

Devemos considerar e respeitar de que toda religião é importante para o ser humano, desde que esse mesmo ser humano procure participar na sua vida cotidiana não somente o que o padre, o pastor, o espírita disse em seus discursos, mas sim, o que o Evangelho do Senhor nos orienta a fazer para que tenhamos paz conosco. Sem amor no coração não haverá paz no mundo, pois o mundo sem paz a humanidade não irá satisfazer-se integral e espiritualmente falando.

Ter esperança é chama que nunca apagará desde que tenhamos como combustível o bem voluntário e santo em nossa rotina diária. Não adiantará nos portarmos como pessoas sensatas nos templos, nas igrejas, nas casas espíritas se aos sairmos delas, viramos a casaca, ou seja, mostramos o que realmente somos para a sociedade, para amigos, para a própria família. Ser cristão é ter uma postura ilibada vinte e quatro horas por dia; é aquele esforço meritório que mesmo custoso, sentiremos a paz nos invadir por inteiro e a nossa consciência mais tranquila e mais feliz. Comigo, Leitor Amigo?

[AECIO]

---------- Publicidade ---------- ---------- Publicidade ----------

Adicionar Comentário

clique aqui para deixar um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.