“DESCRIMINAR” ou “DISCRIMINAR”?

Explicação: os verbos “descriminar” e “discriminar” existem em nosso léxico. São duas palavras parônimas; isto é, são escritas e pronunciadas de forma parecida; porém, seus significados são diferentes. Ei-los discriminados:

Descriminar – significa “absolver”, “inocentar” etc. O prefixo “des”, nesta palavra, como nas demais, indica sempre uma ação contrária. Neste caso, quer dizer: “tirar o crime”.

Exemplos: – aquele jovem foi descriminado por falta de provas;

                 – o uso das drogas, em nosso país, não está descriminado.

Discriminar – é sinônimo de “distinguir”, “separar”, “diferenciar” etc.

Exemplos: – todos nós somos irmãos em evolução, filhos do mesmo Pai; por isso, não podemos discriminar ninguém.

                 – vibremos a fim de que a Reforma Previdenciária, em tramitação no país, melhore nossa desigualdade social, não discriminando a classe menos favorecida.

✉ Fique Atualizado!



Rádio On-line Vivência Espírita

“ASSISTIR O” ou “ASSISTIR AO”?

Explicação: o verbo “assistir”, dependendo de sua função semântica, pode ser utilizado como transitivo direto ou indireto. Vejamos:

a) Quando significa “dar assistência” ou “ajuda” a alguém, o verbo “assistir” é transitivo direto e, neste caso, não usamos a preposição “a/ao” em seu complemento.

Exemplo: o médico foi chamado para assistir o paciente na enfermaria.

b) No sentido de “ver” ou “presenciar”, o verbo “assistir” passa a ser transitivo indireto e exige a preposição “a/ao” no complemento que se lhe segue.

Exemplos: – no próximo sábado (02/02/19), ele irá assistir ao jogo Palmeiras X Corinthians, às 17 horas, na Arena do Verdão (Allianz Parque), em São Paulo.

   – assista, no youtube, à palestra “Analisando as Traduções Bíblicas”, do Dr. Severino Celestino. Vale a pena.

  1. Se o verbo “assistir” for utilizado no sentido de “caber” ou “pertencer”, deverá, também, ser acompanhado da preposição “a/ao”.

Exemplo: o direito à saúde assiste a todos os brasileiros.

Assista, no youtube, à palestra “Revelações Intrigantes da Bíblia”, pelo Dr. Haroldo Dutra Dias – juiz em BH, bacharel em Direito, estudioso profundo da Bíblia, conferencista renomado, escritor e tradutor do Novo Testamento, diretamente do Hebraico. Vale a pena.

Antonio Nazareno FavarinAntonio Nazareno Favarin
Professor de Português, Revisor de livros de São José dos Campos-SP.

---------- Publicidade ---------- ---------- Publicidade ----------

Adicionar Comentário

clique aqui para deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.